(Imagem: Diário de Coimbra.)

(Carregue na imagem para aumentar.)

A CASA DO JUIZ convida todos os interessados para a apresentação do sétimo livro da COLEÇÃO CASA DO JUIZ, fruto de uma parceria entre a Edições Almedina e a Coletânea de Jurisprudência.

 

Trata-se da obra "A Prova Ilícita - Verdade ou Lealdade?", da Autoria do senhor Juiz de Direito Carlos Gabriel Donoso Castelo Branco, que será apresentada pelo Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Conselheiro António Henriques Gaspar.

 

A sessão contará com a presença do Autor e terá lugar no dia 8 de junho de 2018 (sexta-feira), às 17h30m, no auditório da Casa do Juiz.

 

 

A COLEÇÃO CASA DO JUIZ visa a edição de um conjunto abrangente de obras jurídicas, sob a coordenação científica dos juízes que integram o Grupo da Coletânea de Jurisprudência, pretendendo revelar e publicar obras de juízes, de interesse prático para os juristas, estudiosos e profissionais forenses, possibilitando a discussão, apresentação e divulgação de temas jurídicos da atualidade.

Apelo à consignação do IRS a favor da

CASA DO JUIZ - 2018

 

Muito importante: neste ano, por favor, não adira à opção de IRS automático de simples visualização, confirmação e submissão automáticas da declaração pré-preenchida que lhe será disponibilizada pela aplicação informática de apresentação daquela declaração a partir de 01/04/2018.

Opte, por favor, pela funcionalidade que lhe permite alterar a declaração pré-preenchida, pois só assim poderá inserir o NIPC 504 168 673 da Casa do Juiz no campo reservado para o efeito no modelo 3 – Rosto – Quadro 11, Campo 1101 .

 

Cada contribuinte pode atribuir 0,5% do valor liquidado do seu IRS a uma IPSS, sem aumento de encargos a pagar.

A Casa do Juiz recebeu em 2017, a título desse benefício reportado a 2016, €80.517,60 (sendo de €73.842,01 de consignação de IRS e €6.675,59 de consignação de 15% de IVA), houve uma pequena diminuição em relação aos dois últimos anos. O valor recebido mais elevado foi a quantia de €90.097,08, referente a 2016 (recordamos que referentes ao IRS de 2011, 2012, 2013 , 2014 e 2015 foram recebidas respectivamente as quantias de €74.866,59, €62.415,34, €62.317,40, €82.403,22 €84.922,24).

A todos os que contribuíram, renovamos os nossos agradecimentos.

Em 2018, a Casa do Juiz tem concluída a obra até agora em execução (construção, na nossa sede, de um terceiro corpo dos edifícios planeados, para 23 novos quartos, áreas técnicas, auditório para 200 utilizadores, salas de reuniões e de refeições com amplos espaços).

Reunidos que foram os fundos para essa obra, falta reunir os necessários para o reembolso de empréstimo para tanto contraído, bem como para o equipamento do novo edificado.

Por isso, é especialmente importante a contribuição de todos, para o que muito contribuem as receitas da consignação da quota de 0,5% do valor liquidado do IRS.

Apelamos a todos os sócios da Casa do Juiz, a todos os juízes, magistrados do Ministério Público, advogados, oficiais de justiça, profissionais do foro e amigos da Casa, que apoiem a obra e, generosamente, sem qualquer esforço ou sacrifício, ao preencherem o modelo 3 da sua declaração de IRS, indiquem o nome da Associação de Solidariedade Social Casa do Juiz através do NIPC 504 168 673 no campo reservado para o efeito naquele modelo 3 – anexo H, que se reproduz:

 

Rosto – Quadro 11, Campo 1101

(Carregue na imagem para aumentar.)

A CASA DO JUIZ convida todos os interessados para a apresentação do sexto livro da COLEÇÃO CASA DO JUIZ, fruto de uma parceria entre a Edições Almedina e a Coletânea de Jurisprudência.

 

Trata-se da obra "Contrato de Seguro, Responsabilidade Automóvel e Boa Fé", da Autoria do senhor Juiz Desembargador José Vítor dos Santos Amaral, que será apresentada pelo senhor Juiz Conselheiro Hélder Roque.

 

A sessão contará com a presença do Autor e terá lugar no dia 24 de novembro de 2017 (sexta-feira), às 17h30m, no auditório da Casa do Juiz.

 

 

A COLEÇÃO CASA DO JUIZ visa a edição de um conjunto abrangente de obras jurídicas, sob a coordenação científica dos juízes que integram o Grupo da Coletânea de Jurisprudência, pretendendo revelar e publicar obras de juízes, de interesse prático para os juristas, estudiosos e profissionais forenses, possibilitando a discussão, apresentação e divulgação de temas jurídicos da atualidade.

(Mais informações e inscrição nesta ligação.)

(Carregue na imagem para aumentar.)

A CASA DO JUIZ convida todos os interessados para a apresentação do quinto livro da COLEÇÃO CASA DO JUIZ, fruto de uma parceria entre a Edições Almedina e a Coletânea de Jurisprudência.

 

Trata-se da obra "A suspensão parcial da pena de prisão e a reparação do dano", da Autoria do senhor Juiz Desembargador José Alberto Vaz Carreto, que será apresentada pelo senhor Juiz Desembargador António Gama Ferreira Ramos.

 

A sessão contará com a presença do Autor e terá lugar no dia 26 de Maio de 2017 (sexta-feira), às 17h30m, na Casa do Juiz.

 

A apresentação ocorrerá no novo auditório da Casa do Juiz, assim se realizando a sua pré-inauguração. O auditório faz parte da fase III do complexo de edifícios da Casa do Juiz, em fase de conclusão.

 

A COLEÇÃO CASA DO JUIZ visa a edição de um conjunto abrangente de obras jurídicas, sob a coordenação científica dos juízes que integram o Grupo da Coletânea de Jurisprudência, pretendendo revelar e publicar obras de juízes, de interesse prático para os juristas, estudiosos e profissionais forenses, possibilitando a discussão, apresentação e divulgação de temas jurídicos da atualidade.

APELO 2017

Consignação da quota equivalente a 0,5% do IRS liquidado, a favor da

CASA DO JUIZ

Cada contribuinte pode atribuir 0,5% do valor liquidado do seu IRS a uma Instituição Particular de Solidariedade Socialsem qualquer agravamento para o mesmo (ou seja, sem aumento do imposto a pagar).

Referente ao IRS de 2010, a Casa do Juiz conseguiu obter, pela primeira vez por essa via, a receita de € 74.866,59. Nos anos subsequentes, tem vindo a receber quantias próximas daquele valor, que têm sido decisivas para suportar o investimento na expansão e melhoria das suas actividades e equipamentos.

Encontra-se em fase de finalização a obra da construção, na nossa sede, do terceiro corpo dos edifícios planeados, para alcançar 23 novos quartos, áreas técnicas, auditório para cerca de 220 utilizadores, salas de reuniões e salas de refeições com amplos espaços.

Por isso, é importante a contribuição de todos, para o financiamento pleno dessa obra, para o que muito podem contribuir as receitas da consignação da quota de 0,5% do valor liquidado do IRS.

Apelamos a todos os sócios da Casa do Juiz, a todos os juízes, magistrados do Ministério Público, advogados, oficiais de justiça, profissionais do foro e amigos da Casa, que apoiem a obra e, generosamente, sem qualquer esforço ou sacrifício, ao preencherem o modelo 3 da sua declaração de IRS, indiquem o nome da Associação de Solidariedade Social Casa do Juiz através do NIPC 504 168 673 no campo reservado para o efeito naquele modelo 3 – formulário de rosto (pág. 2), que se reproduz:

 

Rosto – Quadro 11, Campo 1101

 

FESTA DE NATAL DE 2016

 

| 18 de Dezembro, 16h00m |

 

(Carregue na imagem para aumentar.)

A Casa do Juiz tem o prazer de anunciar que, no próximo dia 12.03.2016, às 16 horas, contará com um momento musical proporcionado pelo Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra, para o qual ficam convidados todos os amigos da Casa.

*

Carregue nas ligações para ver as páginas do Coro no Facebook, no portal da Universidade de Coimbra e no YouTube

Actuação do Coro dos Antigos Orfeonistas da U. C.

(carregue na imagem para aumentar)

 

A CASA DO JUIZ convida todos os interessados para a apresentação daquele que constitui o primeiro livro da COLEÇÃO CASA DO JUIZ, fruto de uma parceria entre a Edições Almedina e a Coletânea de Jurisprudência.

 

Trata-se da obra "Causalidade, Dano e Prova. A incerteza na Responsabilidade Civil", da Autoria da senhora Juíza de Direito Patrícia Cordeiro da Costa, que será apresentada pelo senhor Juiz Conselheiro António Abrantes Geraldes. 

 

A sessão contará com a presença da Autora e terá lugar no dia 29 de Janeiro de 2016 (sexta-feira), às 17h30m, na Casa do Juiz.

 

No final, será servido um Porto de Honra.

 

A assim inaugurada COLEÇÃO CASA DO JUIZ será um conjunto abrangente de obras jurídicas, sob a coordenação científica dos juízes que integram o Grupo da Coletânea de Jurisprudência, pretendendo revelar e publicar obras de juízes, de interesse prático para os juristas, estudiosos e profissionais forenses, possibilitando a discussão, apresentação e divulgação de temas jurídicos da atualidade.

Bem-vindo

A Casa do Juiz foi fundada em 1997 para responder a necessidades sociais e culturais dos juízes, identificadas a partir da experiência de trabalho associativo na Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP).

 

Constituída como IPSS, está hoje aberta à comunidade judiciária e à comunidade social, desenvolvendo a sua actividade na protecção na velhice e na invalidez, no apoio aos familiares dos sócios em caso de morte destes, no desenvolvimento de actividades de carácter científico e cultural e no apoio aos interesses sociais e profissionais dos juízes.

 

Possui um centro de apoio geriátrico, na valência de Lar de Idosos, em Bencanta, Coimbra, desde 2009.

 

Prossegue a actividade de selecção e tratamento de jurisprudência dos tribunais judiciais, editando-a na revista Colectânea de Jurisprudência e no suporte electrónico da CJ-online. Mais recentemente, dinamiza a edição de livros sob a marca “Colectânea de Jurisprudência Edições” essencialmente vocacionada para a divulgação da jurisprudência.

 

Mantém na Quinta Senhora da Graça, em Bencanta, Coimbra, um centro de convívio para juízes de todo o país, aberto à comunidade

 

É uma obra social de juízes em franco crescimento, preparando a construção de novos edifícios destinados a ampliar a sua obra social e cultural.

 

É essa obra que aqui pretendemos divulgar, contando com o vosso apoio.

Obras de Ampliação

Imagens das obras de ampliação da Casa do Juiz, entre Dezembro de 2014 e Abril de 2015.